Tirar o lixo pra fora

Foto por Pixabay em Pexels.com

No meu condomínio, posso levar o lixo para fora a cada dois dias. Mas, como moro só, às vezes nem tenho o que tirar, então vou de acordo com a necessidade mesmo.

No campo dos sentimentos, o processo é parecido. Eventualmente, devemos tirar o lixo (emocional, no caso) para fora, preservando apenas o que for importante para a nossa construção enquanto pessoa.

O lixo emocional são os resíduos do sofrimento, que, a depender do momento e da sua duração, são uma oportunidade para amadurecermos, nos tornarmos mais fortes e ganharmos mais experiência de vida. Quando a dor ganha uma dimensão além da necessária, a ponto de nos sabotar, é sinal de que está na hora de fazer uma faxina pesada na nossa habitação interior.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s